Hospital 9 Julho

​​​O Hospital 9 de Julho possui duas Unidades de Onco-Hematologia exclusivas e preparadas para oferecer o melhor tratamento aos pacientes oncológicos tanto adultos quanto pediátricos, que apresentam doenças relacionadas ao sangue ou órgãos hematopoiéticos, inclusive os que necessitam de Transplante de Medula Óssea (TMO).

O grande desafio da Microblau foi desenvolver um sistema para o controle das UTAs, Unidades de Tratamento de Ar, que acima de tudo, garantisse o total atendimento aos requisitos da norma NBR 7256.

Além de manter o alto padrão adotado pelo hospital, garantindo o bem estar, conforto aos pacientes e acompanhantes, a norma recomenda os parâmetros ideais de temperatura, umidade e pressão para ambientes hospitalares. A NBR 7256 também dita como o sistema precisa ser preparado para os leitos de isolamento, que devem possuir pressão negativa do quarto em relação ao corredor do Tratamento de Medula Óssea.

A Onco-Hematologia recebe pessoas muito debilitadas devido ao tratamento a que são submetidas, portanto, todo o sistema deveria ser instalado visando o mínimo de interferência dentro do ambiente. Qualquer necessidade de manutenção e/ou ajuste deveria ser realizado de forma imperceptível aos pacientes.

Com a interação dos pacientes, acompanhantes e equipe de enfermagem foi desenvolvido um sistema de controle do ar totalmente transparente às pessoas.

O foco do desenvolvimento do projeto foi manter o conforto e segurança dos pacientes. Para isso foi decidido que todo o sistema de controle ficasse fora do ambiente da T.M.O, de forma que o técnico não tivesse a necessidade de entrar no local para realizar manutenções e/ou ajustes no sistema.

Telas de IHMs foram instaladas na entrada de cada leito. Estas apresentam as medições de temperatura, umidade e pressão, e também fazem com que seja possível que o próprio paciente ou acompanhante realize a alteração de temperatura de acordo com a sensação térmica.

Através da IHM ainda é possível solicitar o atendimento técnico caso seja percebido algum problema no sistema de ar condicionado. Quando o quarto fica desocupado também é possível que a equipe de enfermagem coloque o sistema em modo de economia de energia apenas com um toque na tela.

O controle dos leitos de isolamento garante a pressão negativa dentro do quarto através da UTA e dos exaustores instalados, e caso esses necessitem ter a pressão positiva, o sistema pode ser alterado em poucos instantes pelo operador.

Todo o sistema de controle foi desenvolvido utilizando controladoras da Microblau. A instalação física está localizada no mesmo piso da T.M.O., porém, fora do ambiente que possui acesso controlado.

Além disso, o sistema pode ser monitorado pela Central de Controle e Monitoramento do Hospital, onde em uma tela de supervisão e pelo sistema Oxyn G5, o operador poderá ter uma visão geral de todo o ambiente. Assim é possível identificar de maneira simples se algum leito está inapto a receber pacientes devido a indicações fora dos padrões da NBR 7256. É possível imediatamente agir sobre o problema.

Um sistema de controle altamente eficiente, que atende a NBR 7256, de fácil manutenção, e que não causa qualquer tipo de incômodo aos pacientes durante ajustes ou manutenções.

A interação através da IHM facilita o ajuste da temperatura ideal e agiliza a comunicação com a equipe que opera o sistema.

Através do monitoramento pela Central de Controle do hospital, possíveis problemas podem ser previstos com a análise do comportamento do sistema. Relatórios do controle das UTAs são gerados e apresentados aos responsáveis pela área. Assim, é garantida e comprovada a eficácia do sistema implantado.

Com a automação Microblau o sistema trabalha de forma mais econômica e garante maior tempo de vida útil dos equipamentos.

Como podemos te ajudar?

Entre em contato com um especialista e descubra a solução que combina com você.

Procurando um consultor ou especialista para o seu Negócio?