Instituto Butantan

O Instituto Butantan, além de abrigar um parque composto por uma área verde de cerca de 80 hectares, diversos museus, um hospital e uma biblioteca, também é responsável pela produção de grande parte dos imunobiológicos, voltados para saúde pública, produzidos no Brasil.

A instituição produz, envasa e acondiciona de forma semi-automática e em sistema fechado, 13 tipos de soros em um complexo que se tornou referência nacional e internacional.

O desafio da Microblau foi atualizar o controle das UTAs, Unidades de Tratamento de Ar do setor de Envase e Acondicionamento de Soros (um total de 10 máquinas) de forma a garantir as melhores condições ambientes de temperatura, umidade e pressão, para manipulação e transporte dos hiperimunes no setor produtivo do Instituto. Tudo isso deveria ser realizado de maneira rápida e eficiente para atender ao cronograma de parada de produção programada que ocorre periodicamente no Butantan.

As UTAs são responsáveis pelo fornecimento de ar tratado para mais de 20 ambientes dentre áreas produtivas, de formulação, de acondicionamento de soros e vestiários. As Unidades de Tratamento de Ar são controladas e monitoradas por programadores lógicos controláveis (PLCs) Rockwell da família CompactLogix™.

A Microblau é Integradora de Sistemas reconhecidos pela Rockwell Automation desde a primeira década do ano 2000. Além das empresas firmarem a parceria, foi nessa mesma época que expandimos e consolidamos a atuação no segmento de life-science.

Utilizando a ferramenta de desenvolvimento Studio 5000 – Logix Designer, foi proposto um software de controle em Ladder, de fácil entendimento e manutenção, e estruturado em blocos, para que pudesse controlar todas as máquinas. Assim, haveria uma padronização entre as automações, mas seria garantida uma versatilidade para atender as especificidades de cada UTA e ambiente.

Em outras palavras, foi concebido um software modular, com blocos de controle padrão bem definidos, que possibilitou a empregabilidade em qualquer que fosse a configuração da UTA. Com isso, foi realizada a programação e start-up (processo que vai do teste até o perfeito funcionamento do software) em tempo e eficiência recordes.

Além disso, para monitorar e acompanhar os resultados de perto, utilizamos o software de supervisão Elipse E3, criando um sistema de Supervisão e Comando das Unidades de Tratamento de Ar. O processo possibilita ao cliente acompanhar em tempo real todas as condições de temperatura, umidade e pressão ambiente das áreas produtivas críticas e não críticas, gerar relatórios atuais e retroativos, receber alarmes visuais, alterar set points de controle, visualizar trilha de auditoria (rastreamento de atividades dos usuários do sistema supervisório), criar usuários com diferentes acessos, entre outras funções.

O resultado foi um controle estável, um software leve de baixa e fácil manutenção, alta confiabilidade, segurança nas condições climáticas para produção de fármacos e 100% de rastreabilidade destas condições. Também foi garantido um fácil acesso e visualização de informações e, consequentemente, ganhos com redução de tempo de manutenção.

Tudo isso foi aliado ao compromisso de entregar o sistema completamente operacional e atualizado, garantindo a completa satisfação do cliente.

Como podemos te ajudar?

Entre em contato com um especialista e descubra a solução que combina com você.

Procurando um consultor ou especialista para o seu Negócio?