Liberty Seguros

Entre os maiores grupos seguradores do país, a Liberty conquistou o mercado brasileiro pelo seu constante foco no atendimento excepcional e por oferecer soluções de seguros que atendam às necessidades dos clientes.

Nos últimos anos, a companhia vem expandindo significativamente sua presença no mercado nacional.

O desafio da Microblau na primeira etapa foi automatizar o sistema de ar condicionado do prédio para monitorar e controlar o processo em tempo real remotamente. Devido ao número de pessoas que utilizam os ambientes, foi necessário implantar um controle de temperatura que levasse em conta a sensação térmica de cada indivíduo.

A automatização da central de água condensada do local, constituiu a segunda etapa do desafio, pois o sistema não estava preparado para automação, e foi necessário um estudo para o retrofit do painel existente.

O terceiro desafio foi a realização e o monitoramento do consumo da água e energia elétrica pelo prédio. Também foi necessário realizar o acompanhamento do gerador de diesel e do reservatório de água potável.

Na primeira etapa foi implementado inicialmente um projeto POC (proof of concept, i.e. prova de conceito), em que duas máquinas foram automatizadas. Foi desenvolvido o produto Oxyn Confort, para o controle de temperatura ambiente considerando a sensação térmicas das pessoas no local.

A solução, depois foi aplicada nas demais máquinas, e foi desenvolvida uma rede de sensores de temperatura e umidade ambiente wireless, que com informações sobre a preferência térmica de cada indivíduo em determinado local, cria uma média de temperatura ideal.

Todo o sistema é monitorado por uma plataforma de gestão analítica online. O Oxyn G5, vê se alguma máquina passa por avaria, e analisa a causa que gerou determinado problema. Tendo um dispositivo móvel e acesso à internet, é possível realizar o controle do sistema de qualquer lugar do mundo.

Para a segunda etapa, automatizamos a central de água condensada, permitindo a visualização e o controle do sistema na plataforma Oxyn G5, e também localmente através da IHM, interface homem-máquina.

Por fim, na terceira etapa será implementada a monitoração de utilidades (consumo de água e energia, nível do reservatório de água, funcionamento do gerador de diesel), para a realização de gestão pelo cliente, através de medidas confiáveis.

Como resultado obtivemos o controle estável do sistema, que ocasionou uma temperatura e umidade regular nos ambientes, entrando em conformidade com as normas de conforto térmico para trabalho. Também foi reduzido o número de chamados para a equipe de facilities.

Além disso a plataforma G5 possibilitou o gerenciamento do sistema remotamente, proporcionando assim a otimização dos trabalhos de manutenção e controle das máquinas, além da análise de paradas indesejadas e avarias desses equipamentos.

Como podemos te ajudar?

Entre em contato com um especialista e descubra a solução que combina com você.

Procurando um consultor ou especialista para o seu Negócio?